PROGRAMA INTERFACE E INDUSTRIA 4.0 – APOIOS À INDUSTRIA PORTUGUESA

Os programas INTERFACE e INDUSTRIA 4.0, recentemente lançados, pretendem apoiar a inovação, a modernização e a competitividade da indústria portuguesa.

Tratam-se de programas integrados de apoio que agregam medidas financeiras e não financeiras. Os incentivos podem chegar a 75% do valor dos projectos de inovação empresarial e 85% dos projectos de associações sectoriais.

Quer saber mais?

 

 

O Programa INTERFACE tem como objetivo a valorização dos produtos portugueses, através da inovação, do aumento da produtividade, da criação de valor e da incorporação de tecnologia nos processos produtivos das empresas nacionais. O INTERFACE vem neste sentido acelerar a transferência de tecnologia das universidades para as empresas, potenciar a certificação dos produtos, aumentar a competitividade da economia portuguesa e das empresas nos mercados nacional e internacional. Traduz-se financeiramente em:

  • Apoio a projectos de I&D empresarial e nas universidades;
  • Apoio a acções colectivas no domínio da transferência de tecnologia e conhecimento e no apoio ao empreendedorismo de base tecnológica.

O Programa Indústria 4.0 pretende gerar condições para o desenvolvimento da indústria e serviços nacionais no novo paradigma da Economia Digital, através de um conjunto de medidas de apoio organizadas em 3 eixos:

  • Apoio a projetos de I&D: Sistemas ciber-físicos; Virtualização e Simulação; Inteligência Artificial; Digitalização; Realidade Aumentada e wearables; Nanotecnologia e materiais avançados; Energia)
  • Apoio a projectos de projetos de Inovação Produtiva: Processos produtivos inteligentes; Produção aditiva; máquina inteligentes; Materiais avançados; operações modulares; impressão 3D; Robôs autónomos.
  • Apoio a projectos de digitalização e internacionalização das empresas: Infraestrutura digital, cloud computing e cyber security; Advanced analytics e AI; User-Centered Design; WCM e CRM – Web Content & Customer Relationship Management; E-Commerce e E-Marketplaces; SEO e SEA – Search Engine Optimization/Advertising Social media, content & mobile Marketing; Web Analytics.

Ambos os programas alicerçam-se sobre os recursos disponiveis no Programa Portugal 2020. Destacamos aqui a importância que as linhas de apoio à inovação produtiva têm para as empresas industriais nacionais. Estas linhas permitem apoiar investimentos em:

  • Novos estabelecimentos ou unidades de produção (ex. nova fábrica ou nova unidade de fábrica já existente);
  • Aumento da capacidade de um estabelecimento já existente;
  • Diversificação da produção de um estabelecimento para produtos não produzidos anteriormente no estabelecimento (novos produtos, novas linhas de produção);
  • Alterações fundamentais do processo global de produção de um estabelecimento existente (ou linhas para aproveitamento de desperdícios ou sub-produtos, etc.)

Os apoios terão a forma de incentivo reembolsável até 75% do valor da despesa elegível e, se os objectivos do projecto forem cumpridos, até 50% do apoio pode ser transformado em apoio a fundo perdido.

 

Quer saber mais? Contacte-nos.

Bom trabalho e bons negócios!!

 

 

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    Tem questões?