SIFIDE: candidaturas abertas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O SIFIDE é um sistema de incentivos fiscais direccionado às empresas que façam investimentos em I&D, com recuperações até 82,50% das despesas realizadas com recursos humanos, técnicos e prestadores de serviços.

Estas candidaturas estão abertas até ao final de Maio.

Não hesite em contactar-nos para mais informação.

Não fique a ver navios – investimento na área do mar

Desde 2016, temos apoiado o desenvolvimento de novos projectos de investimento na economia do mar, em áreas que vão dos estudos de mercado até ao lançamento, em produção, de novos produtos e serviços.

Acompanhámos projectos de produção alimentar, turismo e vinhos, TIC e geolocalização em alto mar, socorro e salvamento, pescas e distribuição de pescado, logística e energia.

Criámos valor no desenvolvimento dos modelos de negócio e na captação de recursos financeiros adequados.

Em 2020, termina o actual quadro de incentivos à economia do mar e estão ainda por executar avultados recursos que podem ser alocados a novos projectos.

Conte com a nossa experiência para o apoiar no financiamento e desenvolvimento destes novos negócios na área do mar.

Não hesite em contactar-nos para mais informação.

Sabe que dia é hoje?

Não é preciso ter pressa.

Mas não se esqueça que estamos em 2020 e este é o último ano para apresentar o seu projecto ao Portugal 2020.

Há ainda muitas verbas por executar, destinadas a projectos de investimento e desenvolvimento empresarial. E que são uma opção privilegieda de financiamento da investigação, inovação e internacionalização em Portugal.

Tire a sua ideia da gaveta. E conte connosco para o ajudar a desenhar implementar o seu projecto.

Para mais informação consulte-nos ou siga este Link!

FINANCIAMENTO AO DESENVOLVIMENTO DAS EMPRESAS DE AQUICULTURA

Foi recentemente aberto um novo concurso para a linha de financiamento do MAR2020 para apoio à Aquicultura Biológica, à Conversão para Sistemas de Ecogestão e Auditoria e à Prestação de Serviços Ambientais pela Aquicultura.

 

Esta nova linha de financiamento, com uma dotação orçamental de 2 milhões de euros, pretende apoiar projectos de empresas de aquicultura no seguintes dominios:

  • Conversão dos métodos de produção aquícola convencionais para a aquicultura biológica;
  • Participação nos sistemas de ecogestão e auditoria da União (EMAS)
  • Implementação de métodos aquícolas compatíveis com necessidades ambientais específicas e sujeitos a requisitos de gestão específicos resultantes da designação de zonas NATURA 2000;
  • Participação na conservação e reprodução ex situ de animais aquáticos, no âmbito de programas de conservação e restauração da biodiversidade elaborados pelas autoridades públicas, ou sob a sua supervisão;
  • Operações aquícolas que incluam a conservação e a melhoria do ambiente e da biodiversidade, assim como a gestão da paisagem e das características tradicionais das zonas aquícolas.

 

O apoio a conceder revestem-se da forma de subvenção não reembolsável, dependem da produção aquícola dos anos anteriores, e correspondem ao valor apurado nos termos previstos na Portaria 117-2016, em anexo.

Portaria-117-2016

 

Bons negócios!

PROGRAMA CRESCIMENTO AZUL, INOVAÇÃO E PME’s

 

 

No dia 22 de maio de 2017 foi assinado um Memorando de Entendimento entre a República Portuguesa e a Islândia, o Reino da Noruega e o Principado do Liechtenstein que contempla um Programa dedicado ao “Crescimento Azul, Inovação e PMEs” com uma dotação de cerca de 44,7 M€, em que cerca de 70% será dedicado à área do negócio e inovação.

 

Este Programa contempla três áreas programáticas distintas:

  • Desenvolvimento de negócios, Inovação e PMEs
  • Investigação
  • Educação, bolsas de estudo, literacia e empreendedorismo jovem.

 

Este programa terá como uma das prioridades o financiamento ao desenvolvimento de projectos de Economia Azul e Economia do Mar.

 

​O Espaço Económico Europeu (EEA) é composto pelos Estados Membros da União Europeia e 3 países da Associação Europeia de Comércio Livre (EFTA), Islândia, Liechtenstein e Noruega, que partilham o mesmo Mercado Interno.

ESTÁ ABERTO UM NOVO ROUND DE CANDIDATURAS AO FUNDO AZUL

O Fundo Azul tem por finalidade o Desenvolvimento da Economia do Mar, a investigação científica e tecnológica, a proteção e monitorização do meio marinho e a segurança marítima, através da criação ou do reforço de mecanismos de financiamento de entidades, atividades ou projetos de empresas e entidades sem fins lucrativos.

 

O Fundo Azul tem 4 concursos abertos em áreas que vão do apoio ao empreendedorismo e empresas da Economia do Mar, à Biotecnologia, Segurança Marítima e Monitorização e Protecção do Ambiente Marinho.

  • Empreendedorismo na economia do mar: podem ser apoiados projetos de Biotecnologia Azul, Energias Renováveis Oceânicas Digitais (Indústria 4.0), Portos 4.0 (novas soluções focadas na aplicação da Indústria 4.0 na rede portuária nacional), Robótica oceânica e Sustentabilidade.
  • Segurança Marítima: podem ser apoiados projectos de formação ao nível da segurança no mar e da salvaguarda da vida humana no mar, controlo de fronteiras e de alfândegas, controlo da pesca, prevenção e controlo da poluição marítima de navios e portos, prevenção e supressão de atividades ilícitas, salvamento marítimo, socorro e assistência em espaços marítimos.
  • Biotecnologia Azul: podem ser apoiados projetos de investigação científica e tecnológica na área da biotecnologia azul, desenvolvimento de novos produtos de origem biotecnológica a partir de recursos marinhos, soluções de utilização de subprodutos das indústrias ligadas ao mar, desenvolvimento de tecnologias que contribuam para a eficiência energética e combate à poluição marinha e para a redução do lixo marinho, produção em aquicultura de novas espécies, alimentos, rações, controlo de parasitas, revestimentos antivegetativos, ou outras aplicações de valor acrescentado e projectos de valorização dos subprodutos das indústrias de aquicultura.

Podem beneficiar dos apoios as empresas e  outras entidades privadas com ou sem fins lucrativos e as Instituições do ensino superior, institutos e unidades de I&D.

Os apoios atribuíveis ao abrigo dos presentes concursos podem ser:

  • Reembolsáveis (taxa de juro de 0%, no prazo máximo de 8 anos)  ou eventualmente convertíveis em capital (designadamente com a entrada direta no capital das empresas até um limite máximo de 10%). Nestes casos, o apoio máximo atribuível por operação é de 500.000 €, até 90% das despesas elegíveis.
  • Ou podem ser de natureza não reembolsável, com o limite máximo atribuível por operação de 200.000 € e cobrindo até 90% das despesas elegíveis.

 

As candidaturas devem ser apresentadas até ao dia 28 de Fevereiro.

 

 

Para mais informações pode consultar a pagina da Direção Geral de Políticas do Mar ou contactar-nos diretamente.

 

Bons negócios!

 

Nova Imagem Selmax

A Selmax, parceira da Inovae nas áreas de design, web e consultoria comercial, renovou a sua imagem.

Mudam-se os tempos.

Também as empresas têm de se adaptar às novas mudanças: o que antes fazia sentido pode agora ser melhor, mais adequadoaos objectivos que se pretendem.

A Selmax também está a passar por um processo de evolução e quer neste momento adaptar a sua imagem aos novos desafios que se apresentam. Por isso, avançou com uma modernização da nossa imagem, que irá ter repercussões transversais a todas as suas comunicações.

Também já pensou em renovar a imagem da sua empresa? Saiba mais aqui sobre os outros projectos de renovação de marca que a Selmax já efectuou.

Sem tempo para pensar na web?

A Selmax, parceira da Inovae nas áreas de design, web e consultoria comercial, pode ajudá-lo na expansão comercial da sua empresa.

Com vasta experiência em áreas b2b, a Selmax estrutura toda a fase inicial do túnel de vendas para os seus clientes.

Articula calendários de marketing com a equipa comercial da sua empresa para que os resultados sejam efectivos:

– design e estruturação de apresentações e campanhas comerciais;

- desenvolvimento e actualização de imagem e marca;

– desenvolvimento, manutenção e actualização de websites;

- estruturação e manutenção de campanhas publicitárias de AdWords;

E quaisquer serviços que se revelem adequados à expansão comercial da sua empresa.

Saiba mais sobre o trabalho já efectuado pela Selmax aqui.

A INOVAe está a recrutar!

A INOVAe é uma unidade de negócio na área da gestão de capital, inovação e gestão de projectos de investimento (www.inovae.pt).

Orientamo-nos para a criação de valor nos nossos clientes, em qualquer das nossas áreas de actuação. Somos ágeis e flexíveis adaptando-nos às necessidades e contexto de cada cliente. Fomentamos ideias disruptivas. Futuristas. Globais. Baseadas na economia digital.  Mantemos uma “visão de helicóptero”, mas descemos sempre de forma a usar o que aprendemos. Assentamos sempre, mas mesmo sempre, o nosso trabalho sobre processos e metodologias testadas, em valor efectivamente entregável e perceptível pelo nosso cliente.

Lançada em modo start-up em 2016, estamos envolvidos em cerca de duas dezenas de projectos que vão desde estudos de mercado e análise de projectos de investimento e financiamento, à reestruturação de processos em empresas em Portugal, Moçambique e Cabo Verde. Estamos presentes permanentemente em Lisboa, no Páteo Alfacinha, e em regularmente em regime de co-work em Abrantes, no Tagus Valley e em Moçambique, em Maputo.

Estamos em crescimento, precisamos de talentos para a nossa equipa de Lisboa. É neste contexto que estamos a recrutar!

 

Função:
Consultor/a de projectos de investimento.

Descrição da função:
– Diagnóstico e avaliação de empresas e processos de negócio;
– Avaliação e selecção de estratégias de investimento e financiamento;
– Identificação, realização e gestão de candidaturas a sistemas de incentivos (nacionais, comunitários e internacionais), capitais de risco, banca e outras fontes de capital.

Requisitos pretendidos:
– Formação em ciências económicas, financeiras ou de gestão (licenciatura);
– Experiência na elaboração de propostas para o financiamento de projectos empresariais;
– Sólidos conhecimento de língua inglesa;
– Sólidos conhecimentos de informática na óptica do utilizador;
– Disponibilidade imediata.

Valoriza-se:
– Experiência prévia na elaboração de candidaturas QREN ou PT2020;
– Experiência internacional (pessoal ou profissional);
– Disponibilidade para deslocações nacionais e internacionais;
– Autonomia, espírito crítico e gosto pela mudança;
– Bom humor.

Em caso de interesse, deverá enviar um email de apresentação e o seu perfil de LinkedIn para dinis.martins@inovae.pt. 

Este processo de recrutamento deverá desenrolar-se até final de Outubro e terá 2 fases: 1) a análise curricular com base no perfil de LinkedIn e 2) uma entrevista presencial em Lisboa.

Até breve!

 

 

 

Tem questões?